Ainda sobre as emissões de carbono

No seguimento do post anterior sobre a problemática das emissões de carbono, tanto ao nível da nossa empresa, como também ao nível dos nossos produtos, gostariamos de comentar mais alguns avanços no sentido de eliminar ou neutralizar as emissões, contribuindo desta forma para um melhor ambiente.

Como é sabido a indústria dos transportes aéreos é uma das grandes produtoras de CO2 a nível mundial, pese embora todos os esforços na racionalização das rotas, adopção de motores mais eficientes, etc… Mas para além do transporte aéreo, as actividades desenvolvidas durante uma viagem (lazer, negócios, etc) contribuem com mais CO2 para a atmosfera. Fruto desta constatação, algumas agências de viagens, nomeadamente a Expedia, lançaram programas de neutralização de emissões para os seus clientes (press release). No Reino Unidos as associações dos agentes de viagens estão também a estudar opções para que estas possam propor aos seus clientes produtos para neutralizar emissões das suas viagens.

Seguimos com interesse toda esta nova indústria de “neutralização” de emissões, por um lado porque sabemos que o objectivo da emissão “0” está muito longe, por outro estamos um poucos sépticos, já que esta sensação de “neutralização” das emissões pode levar a que o consumidor e as empresas não tentem reduzir essas mesmas emissões, apenas neutralizá-las. Será este o caminho a seguir?

Como empresa, estamos empenhados em seguir o caminho da redução das nossas emissões e da reciclagem. Estamos também empenhados em tentar passar essa mesma mensagem aos nossos clientes, e queremos dar-lhes os instrumentos e garantias necessárias para que sintam que as suas deslocações e férias não afectem negativamente o meio ambiente. No entanto e face a panorama existente ainda não temos a certeza de qual o caminho a seguir, se a simples “oferta” de pacotes em que sejam incluídas opções de neutralizar emissões, ou se um trabalho mais amplo com fornecedores para que estes cumpram determinados padrões que garantam essa redução. Sabemos que o primeiro caminho é o mais fácil e simples de oferecer.

Em todo o caso sigam o nosso blog para mais novidades sobre o nosso caminho para a redução do nosso impacto e o dos nossos clientes no meio ambiente.