Espaço sem fronteiras de Schengen estende-se aos aeroportos da Europa Central

Segundo notícia do Público, a partir do próximo Domingo os aeroportos da Europa Central passam a estar incluídos no espaço Shengen, facilitando desse modo a circulação dos passageiros. Será mais um motivo para visitar cidades como Praga, Budapeste, Varsóvia, etc…

De seguida deixamos o artigo completo:

“No domingo, o espaço Shengen ganha uma nova dimensão. Às 00h00 serão suprimidos os controlos nos aeroportos de nove países da Europa Central: Estónia, República Checa, Lituânia, Hungria, Letónia, Malta, Polónia, Eslováquia e Eslovénia, anunciou hoje a Comissão Europeia.

Esta medida surge depois de, em Dezembro, já terem sido suprimidos os controlos nas fronteiras terrestres e marítimas entre aqueles países e os antigos membros de Schengen.

O lapso de tempo “destinou-se a fazer coincidir a data de supressão dos controlos nas fronteiras aéreas com as mudanças semestrais das programações de voos dos aeroportos”, segundo um comunicado da Comissão.

Serão mantidos os controlos de identidade realizados pelas transportadoras aéreas no registo e no embarque, bem como os habituais controlos de segurança aplicados a cada voo, independentemente do destino.

Em Novembro do ano passado, os ministros da Justiça e dos Assuntos Internos concluíram que todos os países candidatos satisfaziam os critérios de Shengen.

Para Jacques Barrot, vice-presidente da Comissão Europeia, esta é “a etapa final para a concretização de um feito histórico ímpar: 24 países da UE sem fronteiras internas”.

A medida “mostra o empenhamento da UE em facilitar viagens para fins legítimos no interior da UE e rumo a ela, aumentando simultaneamente a segurança das fronteiras externas europeias”, considerou Barrot, em comunicado divulgado pela Comissão.”

Fonte: http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1323963