Subir ao Pico com pulseira GPS

Segundo notícia do Público que transcrevemos:

“A partir de Maio vai ser obrigatório o uso de uma pulseira de geo-localização para subir ao ponto mais alto de Portugal, a montanha do Pico, nos Açores. A medida pretende aumentar a segurança dos visitantes.

A secretária regional do Ambiente e do Mar, que visitou hoje as obras do futuro Centro Interpretativo de Apoio à Casa da Montanha, adiantou que o sistema de GPS (Global positioning system) vai permitir saber a cada momento a localização exacta dos visitantes que decidem subir a montanha do Pico, com 2351 metros de altitude.

“A pulseira que vamos disponibilizar aos visitantes que subirem à montanha vai permitir-nos saber onde eles estão a cada momento”, afirmou Ana Paula Marques, no segundo dia da visita estatutária que o Governo Regional está a efectuar à ilha do Pico.

Este novo sistema tecnológico vem facilitar o trabalho dos guias da montanha e bombeiros que prestam apoio no local.

A obrigatoriedade do uso das pulseiras pretende evitar situações como a que ocorreu com uma turista norte-americana que morreu em 2006, durante uma escalada à montanha e que só foi encontrada três dias depois.

Ana Paula Marques adiantou, ainda, que as obras de construção da Casa da Montanha do Pico, orçadas em 800 mil euros, deverão ficar concluídas em Maio, um equipamento que vai dispor de bar, cacifos para visitantes e sala de divulgação.”